gaming 5g phone under 25000

Defesa Civil volta a registrar deslizamentos em Santa Catarina

Chove forte em parte do Estado desde a tarde dessa segundaA chuva que cai desde a tarde dessa segunda, dia 15, em parte de Santa Catarina provoca deslizamentos e alagamentos em municípios da Grande Florianópolis, norte e litoral do Estado. Como ainda chove forte na manhã desta terça, dia 16, a Defesa Civil permanece em alerta.

A situação é mais grave em Palhoça, na Grande Florianópolis, onde um deslizamento de terra atingiu apartamentos do primeiro e segundo andares do condomínio Nova Cidade, no bairro Passa Vinte. O incidente ocorreu por volta das 19h30min.

Aproximadamente 120 pessoas tiveram que deixar suas casas. Ninguém ficou ferido. Moradores de outros blocos resolveram sair seus apartamentos com medo de um novo desmoronamento. A Defesa Civil Estadual orientou os moradores a ficarem no salão de festas do condomínio.

No bairro Brejarú, três famílias estão desabrigadas depois que a água invadiu suas residências. Outros locais do município como Ponte do Imaruim, Passa Vinte, Pedra Branca, Eldorado, Frei Damião e Centro também ficaram alagados.

De acordo com o major Márcio Luiz Alves, diretor da Defesa Civil do Estado, há áreas isoladas em alguns pontos do município de Palhoça.

? Acreditamos que, com a diminuição da chuva, possamos acessar e retirar as pessoas das áreas alagadas.

Em São José, segundo o Corpo de Bombeiros, famílias também tiveram que deixar suas causas devido a alagamentos no bairro Flor de Nápoles e Jardim Pinheiros. No bairro Bela Vista, um deslizamento de terra atingiu uma residência.

Em Florianópolis, também há pontos de alagamento. A SC-401 voltou a ser interditada por precaução no ponto onde houve deslizamento de terra no dia 23 de novembro. O tráfego de veículos no km 14 da rodovia foi desviado para a estrada geral do bairro Cacupé.

No Morro da Lagoa, o movimento de veículos foi prejudicado pela queda de árvores sobre a pista. Parte de um barranco às margens da Via Expressa, a BR-282 no acesso a Florianópolis, no Morro da Caixa, desmoronou. A pista não chegou a ser atingida.

Apesar das ocorrências da madrugada e início da manhã, ninguém ficou ferido. A Defesa Civil Estadual colocou lonas à disposição das famílias atingidas e visitou os bairros mais alagados ainda na madrugada.

Chuva provoca alagamentos em Joinville e Itajaí

O mau tempo também provocou alagamentos em Joinville, no Norte. Segundo informações dos bombeiros, os bairros da zona Sul são os mais atingidos até o momento. Petrópolis, Jarivatuba, Fátima, Itinga, Paranaguamirim, João Costa e Parque Guarani tiveram pontos alagados.

Houve um deslizamento de terra no bairro Petrópolis no final da noite de segunda-feira e uma queda de muro entre duas residências no Paranaguamirim. Algumas famílias já foram retiradas de suas casas e encaminhadas para casas de parentes e amigos, os bombeiros não sabem informar ainda quantas famílias.

De acordo com o major Márcio Luiz Alves, bairros de Itajaí, no Litoral Norte, que foram inundados durante as fortes chuvas do mês de novembro, também apresentam pontos de alagamento. Famílias tiveram que sair de suas residências.

Ele orienta as pessoas que estão em áreas alagadas para que evitem o contato com a água, diminuindo a possibilidade de contaminação por doenças. Os moradores de áreas de encosta também devem observar se há rachaduras no solo, deslocamento de pedras e inclinação de postes e árvores ao redor de casa.

gaming 5g phone under 25000 Mapa do site